Artigo

    

Compreensão formal

A recente presença de questões relacionadas ao Software Livre e de Código Aberto em tribunais marca um momento interessante para observarmos na história dessa tecnologia.


Por Pablo Hess


Prezados leitores da Linux Magazine,


A recente presença de questões relacionadas ao Software Livre e de Código Aberto em tribunais marca um momento interessante para observarmos na história dessa tecnologia. Estamos assistindo à afirmação, por uma parcela cada vez maior dos advogados e juristas, de que compreendem, sim, os valores referidos nas licenças adotadas pelo Software Livre e de Código Aberto.


Após anos – mais precisamente, quatro – de disputa judicial contra o Linux, alegando levianamente que o código-fonte aberto deste possuiria trechos de sua propriedade, o SCO Group perdeu a posse dos direitos do Unix e, em seguida, pediu concordata. A derrota, tanto moral quanto financeira, não foi decretada em tribunal, mas teve forte base no que transcorreu nas diversas sessões em que a empresa tentou garantir seu direito de extorquir distribuidores de SL/CA e seus clientes com base em privilégios que não tinha e informações falaciosas.


Em outro caso, que chegou apenas a iniciar sua jornada judicial, uma empresa acusada de violar a GPL afirmou que cederia os códigos necessários aos autores do software violado, o Busybox.


Com empresas surgindo e crescendo com base no Código Aberto, a educação do mercado nesse sentido ganha mais e mais importância. E já está acontecendo, como mostra um evento recente. Ao adquirir a XenSource, a Citrix confirmou que o produto do desenvolvimento realizado por seus novos funcionários em relação ao código de base do sistema de virtualização Xen permaneceria livre. É verdade que a licença dos códigos já liberados sob a GPL não poderia ser alterada retroativamente, mas é importante que as empresas tradicionalmente externas à cena do SL/CA tenham conhecimento disso, sem nem ao menos esboçar protestos.


No entanto, outro acontecimento sugere que talvez a própria comunidade de desenvolvedores e usuários não compreenda ao certo as licenças de software. Ao estabelecer uma nova licença (GPL) para um driver originalmente licenciado sob a permissiva licença BSD, a comunidade defensora da licença pública geral do Projeto GNU mostra uma atitude no mínimo anti-ética, e talvez passível de ação judicial, como pretende verificar o líder do projeto OpenBSD, Theo de Raadt.


A compreensão dos benefícios e riscos de se adotar licenças de Código Aberto é fundamental para o completo aproveitamento das liberdades oferecidas por estas. O mercado está se educando. É bom que os desenvolvedores também estejam.

Pablo Nehab Hess foi editor da Linux Magazine, tem mestrado em genética e especialização em bioinformática. É autor de softwares de código aberto para computação científica e tem experiência em administração de sistemas.

Notícias

Assespro-PR é o mais novo parceiro de canal do LPI no Brasil

Publicado em: 18/12/2018 às 11:10 | leituras |

A Assespro-PR — Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação —, e o Linux Professional Institute – LPI, firmaram uma parceria que deverá beneficiar as empresas associadas à Assespro-PR, bem como contribuir para a profissionalização do mercado de Software Livre e de Código Aberto no Paraná.

Linux Developer Conference Brazil: faltam poucos dias!

Publicado em: 14/08/2018 às 11:57 | leituras |

Evento será realizado nas dependências da UNICAMP, em Campinas, nos dias 25 e 26 de agosto.

Leitor da Linux Magazine paga meia para entrar no FISL18

Publicado em: 06/07/2018 às 21:05 | leituras |

Parceria entre a ASL.org e a Linux Magazine disponibiliza código promocional que fornece 50% de desconto na inscrição para o FISL18.

DevOpsDays chega a Maringá pela primeira vez

Publicado em: 20/03/2018 às 18:25 | leituras |

O DevOpsDays terá sua sétima edição no Brasil sendo sediada na cidade de Maringá, no Paraná, dias 23 e 24 de março, no Sebrae. O evento acontece em mais de 40 países e nele foi criado o termo "DevOps" (em 2009, na cidade de Gante - Bélgica).

SENAI/Fatesg promove segundo Meeting Hacker Senai

Publicado em: 18/02/2018 às 12:47 | leituras |

No dia 24/02/2018 a partir das 8:00h, o SENAI/Fatesg realizará o segundo Meeting Hacker Senai, com a participação do LPI, da Infomach e da Barketilly.


Mais notícias

lançamento!

LM 119 | Backup e Restauração




Impressa esgotada
Comprar Digital  R$ 10,90 Digital

  1. Soluti Certificação Digital em busca de especialista Linux

    Publicado em 19/04/2017 às 17:18 | 588002 leituras

  1. Seminário sobre gestão de privilégios do Linux dá direito a certificado CPE

    Publicado em 23/05/2017 às 10:35 | 505546 leituras

  1. Baixe o curso de shell script do Julio Cezar Neves

    Publicado em 07/04/2008 às 19:41 | 479102 leituras

  1. 4Linux abre vagas para Líder Técnico em São Paulo e Brasília

    Publicado em 25/07/2017 às 14:12 | 350095 leituras

  1. Novo evento "Universidade Livre" será realizado em Belém/PA em 06/05/2017

    Publicado em 28/04/2017 às 11:19 | 298415 leituras

  1. Ubuntu 12.04 LTS terá como codinome "Precise Pangolin"

    Publicado em 06/10/2011 às 12:14 | 16455 leituras

  1. Novo Programa de Estágio CPM Braxis Capgemini abre 200 vagas em 6 Estados

    Publicado em 04/03/2011 às 15:05 | 15195 leituras

  1. Internet aberta no Afeganistão é feita com lixo

    Publicado em 01/07/2011 às 11:05 | 15309 leituras

  1. Chamada para trabalhos do Open Source Forum

    Publicado em 09/12/2011 às 12:14 | 12341 leituras

  1. Sun lança o MySQL 5.4

    Publicado em 15/06/2009 às 11:49 | 14248 leituras

whitepapers

mais whitepapers