Artigo

    

Código aberto

Uma das principais conclusões da sessão sobre licenciamento foi de que cada modelo de negócio baseado em Código Aberto requer determinadas características de licenciamento. A proliferação de licenças de Código Aberto incompatíveis entre si é um problema a ser resolvido.


Por Cezar Taurion


Em março deste ano ocorreu o 2º Open Source ThinkTank nos EUA. O evento reuniu mais de cem executivos, entre CEOs e CTOs de 80 empresas do mundo do Código Aberto, para debater o futuro. O próprio tema do evento diz isso claramente: The Future of Commercial Open Source.


Foram diversos painéis e sessões de brainstorming. No painel dos CIOs, as principais conclusões foram que o Código Aberto já é visto como uma opção viável, e já não existe hesitação por parte desses gestores em analisarem as opções de Código Aberto, desde que as funcionalidades do software sejam adequadas. Entretanto, muitos ainda têm receio de adotar os softwares de Código Aberto que não tenham construído um ecossistema de apoio consistente e saudável, com diversidade de ofertas de suporte e treinamento. E já está bem claro para todos que Código Aberto não significa software gratuito, embora os custos de propriedade tendam a ser menores que os de produtos proprietários correspondentes.


Na sessão de brainstorming sobre tendências e desafios do Código Aberto, identificaram-se como principais desafios:



  • Como monetarizar o Código Aberto?

  • Como balancear os interesses dos usuários com a comunidade, uma vez que nem sempre os desejos dos usuários estão refletidos nas prioridades dos recursos implementados pela comunidade?

  • Como reduzir e conciliar as dezenas de licenças, às vezes incompatíveis entre si?

  • Quais serão os impactos da GPLv3?


Dois outros pontos foram abordados: o primeiro é que a influência do modelo de Código Aberto já está afetando as startups de software e reduzindo os investimentos dos VCs neste setor; e o segundo é que começa a haver uma carência de desenvolvedores centrais, uma vez que muitos deles estão sendo contratados diretamente por empresas de software, causando o temor de que acabem gerando conflitos entre os interesses de seus novos empregadores e os da comunidade que lideram.


O momento romântico do Código Aberto definitivamente já está se tornando história.


Uma das principais conclusões da sessão sobre licenciamento foi de que cada modelo de negócio baseado em Código Aberto requer determinadas características de licenciamento. A proliferação de licenças de Código Aberto incompatíveis entre si é um problema a ser resolvido. Por exemplo, foi citado que softwares GPL não podem ser usados com softwares distribuídos sob licenças Apache ou Eclipse. Além disso, os termos das licenças continuam muito confusos. Poucos conseguem de fato entender o que esses termos querem dizer. Além disso, há um receio de que a GPLv3 acabe gerando forks entre softwares que manterão a GPLv2 e que tenham componentes ou bibliotecas que adotem a nova versão.


Uma terceira sessão de brainstorming abordou a questão dos modelos híbridos, com características de modelos proprietários e de Código Aberto. A conclusão quase geral é de que os modelos estão convergindo, com muitos fornecedores de um adotando características do outro. Os modelos abertos, por exemplo, adotam a busca pela lucratividade empregada nos proprietários, com muitas empresas buscando lucratividade através não apenas de suporte e treinamento, mas também por licenças baseadas em subscrição. Também deve se acelerar o processo de aquisição de empresas de Código Aberto por aquelas de software proprietário. O momento romântico do Código Aberto definitivamente já está se tornando história.


Código Aberto já está sendo visto de forma bem mais pragmática e realista. Já não é mais politicamente incorreto falar em ganhar dinheiro com Código Aberto...


O mundo do software não será mais 100% proprietário, mas também não será 100% aberto. Estamos todos, indústria, comunidades e usuários, em busca do ponto de equilíbrio.

Cezar Taurion é profissional e estudioso de Tecnologia da Informação desde fins da década de 70, com educação formal diversificada, em Economia, mestrado em Ciência da Computação e MBA em Marketing de Serviços, além de possuir experiência profissional moldada pela passagem em empresas de porte mundial. É autor de seis livros que abordam assuntos como Software Livre, Grid Computing, Software Embarcado, Cloud Computing e Big data.

Notícias

Vaga para analista de TI com experiência em ECM/GED, BPM e BI

Publicado em: 16/12/2016 às 11:12 | leituras |

Renomada empresa de serviços de consultoria em TI, está em busca de um analista de TI para trabalhar em projetos de implementação de soluções ECM/GED, BPM e BI usando os sistemas Alfresco, Activiti, Bonita, Camunda e SpagoBI.

Nova versão do Scalix Groupware oferece suporte completo a IBM Power & IBM Mainframes

Publicado em: 14/12/2016 às 12:59 | leituras |

A nova versão dá liberdade de escolha às empresas para usar as tecnologias mais modernas oferecidas pelo mercado como base para sua solução de e-mail e colaboração

Software Livre e de Código Aberto: uma questão de economia, não de política

Publicado em: 12/11/2016 às 12:36 | leituras |

Os argumentos apresentados neste artigo são todos aspectos econômicos, e não aspectos políticos. Decisões baseadas em política (e não em economia) devem ser lembradas pelos eleitores nas próximas eleições.

Lançamento: E-book E-mail e Colaboração no Século XXI (grátis)

Publicado em: 29/09/2016 às 9:15 | leituras |

A Linux Magazine, em parceria com a Scalix Brasil e a Linux Solutions, acaba de lançar o novo ebook da série "Technology Report": E-mail e Colaboração no Século XXI. Baixe gratuitamente!

Oportunidade na 4Linux - Vaga para Brasília

Publicado em: 25/08/2016 às 9:58 | leituras |

A 4Linux, empresa de consultoria e treinamento especializada em tecnologia Open Source, está em busca de um profissional com o perfil de analista de infraestrutura Linux pleno, para atuar em Brasília.


Mais notícias

lançamento!

LM 119 | Backup e Restauração




Impressa esgotada
Comprar Digital  R$ 10,90 Digital

  1. Baixe o curso de shell script do Julio Cezar Neves

    Publicado em 07/04/2008 às 19:41 | 401273 leituras

  1. Resultado do concurso "Por que eu mereço ganhar um netbook?"

    Publicado em 30/09/2009 às 3:00 | 173175 leituras

  1. Software público brasileiro na Linux Magazine Especial

    Publicado em 29/07/2011 às 15:07 | 152928 leituras

  1. Lançado o phpBB 3

    Publicado em 13/12/2007 às 18:42 | 151761 leituras

  1. TeamViewer disponível para Linux

    Publicado em 26/04/2010 às 1:27 | 120331 leituras

  1. Google detecta mais malware do que o Bing

    Publicado em 17/04/2013 às 12:17 | 7019 leituras

  1. Linux Magazine abre 01 vaga para estagiário

    Publicado em 20/10/2010 às 18:09 | 7251 leituras

  1. Lançado primeiro beta do RHEL 5.5

    Publicado em 18/02/2010 às 14:06 | 7321 leituras

  1. Google passa Apple e se torna a marca mais valiosa do mundo, segundo ranking

    Publicado em 22/05/2014 às 10:25 | 4841 leituras

  1. IBM Brasil realiza mudanças no time executivo

    Publicado em 04/03/2011 às 12:06 | 8059 leituras

whitepapers

mais whitepapers